Introdução Bem-vindo Como Começar Meu Primeiro Programa     Resolvendo Problemas e Distribuindo Tranformando Dados Programas Interativos     Exercícios de Programação     Fazendo Games
Documentação Declarações     Procedimentos     Variáveis Construtores     Controle de Fluxo Expressões Bibliotecas     Print     IO     Random     Game Engine
Tutoriais Tutoriais Completos     Introdução à Programação     Guia Rápido     Exercícios de Programação     Programando Games

RESOLVENDO PROBLEMAS E DISTRIBUINDO


Aprenda como resolver erros e compartilhar suas criações com o mundo!





Consertando Erros

Espero, que na última seção tudo fluiu tranquilamente quando estava criando seu primeiro programa, mas não será dessa forma sempre. A medida que seus programas forem crescendo de complexidade, vai ficando cada vez mais difícil acertar de primeira, então a programação vai se tornando uma atividade interativa de encontrar uma solução para um problema, implementar essa solução, avaliar o quão bem ela resolveu o problema e partir para o próximo problema.
A medida que você for praticando a programação, vai desenvolvendo cada vez mais habilidades de resolução de problemas bem como, ser capaz de quebrar os problemas em partes menores.

Quando chega o momento de implementar uma solução você encontrará constantemente um erro de compilação sinalizando que o texto que você escreveu (ou os nós que conectou) não puderam ser transformados em códigos de máquina válidos.
Nesses casos, é importante ter a habilidade de entender quais intruções você está dando para o computador e onde elas podem falhar.

Por exemplo, se você está criando um projeto em branco no Vizzcode, e compilar o programa, você verá a seguinte mensagem de erro:
[Erro de Compilação]

Código vazio. Você precisa escrever ou adicionar nós para compilar o programa.
Está em dúvida por onde começar? Clique aqui para começar a aprender!

Como você poder ver, tirando o medonho título [Erro de Compilação], existe uma mensagem de erro amigável bem como um link para você clicar e ir para uma explicação mais completa sobre o tópico (nesse caso, uma explicação de como começar).
Se você lembra da última vez, você deve criar um procedimento e colocar o nome de main para sinalizar o ponto de entrada do programa.

O compilador espera que o código em texto (e os nós) sigam um certo conjunto de regras e ele vai mostrar uma mensagem de erro quando não for capaz de gerar código válido.
Por exemplo, se você tentar importer uma biblioteca com um nome inválido, um erro vai acontecer:
[Erro de Compilação]

Essa biblioteca não existe: 'Nome inválido'. Aconteceu nesse nó.

O compilador não somente te explicar o erro e te conecta com uma explicação mais detalhada (contendo todas bibliotecas possíveis, nesse caso), mas também te mostra o local exato de onde o erro ocorreu, tanto no texto quanto no nó visual.

Um erro comum é esquecer de colocar “entre aspas” as strings literais. Nós ainda vamos conversar muito sobre strings quando a hora chegar, mas se você esquecer a ( " ) quando chamar um print, você encontrará o seguinte erro:
[Erro de Compilação]

Identificador não declarado 'Olá' nesse nó.

Mesmo ele apontando para o nó problemático como na última vez, esse erro é um pouco menos descritivo se você não estiver familiarizado com identificadores.

Por causa de casos como esse, é recomendado que você compile constantemente o programa, a medida que você for adicionando mais nós ou código em texto, para que você saiba exatamente o que mudou desde a última vez que compilou com sucesso. Evite jogar um tanto de código de uma vez e só depois compilar, pois isso vai tornar mais complicado a identificação da causa do erro.
O compilador é seu amigo e sempre vai tentar ao máximo te ajudar a construir seus programas, você pode contar com ele! :)




Compartilhando seus Programas

Um ótimo aspecto de criar um programa de computador bem legal é poder compartilhar com os amigos e amigas e até mesmo vender para o mundo.
No Vizzcode, os programas que você cria são programas de computador de verdade e podem ser compartilhados, distribuídos, publicados, vendidos, o que você quiser! E os usuários dos seus programas, não precisar ter o Vizzcode nem nada parecido!

Se você estiver na versão Premium do Vizzcode, quando você compilar um programa, um arquivo .exe será criado na pasta do projeto.
Esse é o arquivo que você pode compartilhar para as pessoas rodarem seu programa!

Se você ver dois arquivos executáveis dentro do diretório quando criar um programa, você pode ignorar o arquivo .exe que termina com com uma linha sublinhada '_'.

Os executáveis gerados pelo Vizzcode

Tente dar dois cliques no arquivo .exe para você ver o programa executando. Se você criou um programa de console (um programa que não abre uma janela própria, como um jogo) ele vai abrir uma janela de console, rodar o programa e depois fechar a janela. Esse programas foram feitos para rodarem de dentro de umterminal do prompt de comandos. O outro executável na pasta (o que termina com uma linha sublinhada '_') vai impedir que a janela feche. Ele serve como uma forma de ver os resultados de um programa de console mesmo quando o programa não estiver rodando dentro de uma janela de terminal .

Você pode enviar o .exe para pessoas que você gostaria de mostrar o programa que criou!
Caso seu programa faça referência à arquivos que estejam dentro dele (como um jogo que mostra imagens) ,você também precisa enviar todos os arquivos que o programa referência. É comum fazer um zip como todos os arquivos necessário (o executável e os arquivos que depende) e compartilhar esse arquivo .zip no lugar.

Legal? Legal.
Agora pense que você está começando a enfrentar problemas maiores... :)